terça-feira, 25 de outubro de 2011

Acordei cedo, vesti a roupa, calcei os sapatos, tomei café, mas não consegui encontrar a minha alma até agora. Passei o dia assim, desguarnecida.
(Lélia Almeida, in Anovaela, texto inédito)

3 comentários:

Anny disse...

Boa noite!
Espero que tenhas encontrado o que procuras...
Mujer de Palavras.


Anny.

Lélia Almeida. disse...

A gente sempre termina encontrando, Anny, às vezes demora um pouquinho...

Nicole Rodrigues disse...

Desalmada!